Carnaval, uma data de origem pagã

Carnaval, uma data de origem pagã

fevereiro 16, 2021 0 Por Pagan

O paganismo está na origem das nossas vidas. Em diferentes partes do mundo, povos antigos costumavam observar os ciclos da natureza, conversar com seus ancestrais e honrar as Divindades. O calendário desses povos buscava comemorar bençãos primordiais para a vida, como a fertilidade e a primavera. Uma dessas festividades que atravessou séculos é o carnaval, que é reconhecido inclusive por monoteístas como tendo origem pagã e anterior ao cristianismo.

Foi assim no Egito, Grécia e durante o império romano pagão. Quando o cristianismo tornou-se a religião oficial do império romano e a igreja católica cresceu em influência, ela percebeu que os povos se recusavam a abandonar suas tradições. Então cristianizou-se vários festivais pagãos. Foi aí que o carnaval passou a ter o sentido de “Carne Vale”, que em latim significa “adeus à carne”, em uma referência ao período da quaresma. Quaresma que, segundo o historiador Alexander Hislop, não existia nos séculos 3 e 4 da Era Comum. Alexander também descobriu que nos séculos 3 e 4 da Era Comum a comemoração conhecida hoje e na época em que ele próprio viveu (século 19) como “Páscoa” não existia nesses moldes e nem com esse nome.

Voltando ao carnaval, a festa já cristianizada foi levada para várias terras, inclusive o Brasil, onde recebeu características locais.

Mas a essência, vale lembrar, é pagã. Portanto, celebrar a vida, a primavera (no hemisfério norte, a primavera se aproxima, o período da festa foi transferido para o sul sem levar em conta esse fator) e a fertilidade é uma atitude natural do ser humano.

Mesmo que não se goste da maneira como o carnaval é comemorado hoje e que o sentido original esteja um pouco esquecido, pode ser útil reservar um tempo para conversar com sua(s) Divindade(s) e seus ancestrais.

www.facebook.com/caminhopagao

www.instagram.com/caminhopagao

pinterest.com/mitologiaemundonatural

https://aminoapps.com/c/DeusasDeuses/home/