Deusa Eir, a cura e proteção nórdica para perigos e traumas

Deusa Eir, a cura e proteção nórdica para perigos e traumas

janeiro 26, 2021 2 Por Pagan

Eir é uma Deusa nórdica ou valquíria registrada nos textos antigos da Edda Poética e também foi citada mais tarde na Edda em Prosa. Além de proteger de perigos físicos ou situações, Eir também ajuda a curar traumas do passado. Sua atuação traz paz àquele e àquela pagã(o) que deseja pôr um ponto final e recomeçar. Seu nome traduz sua atuação: “Paz, clemência” ou “Ajuda, misericórdia” e esses conceitos estão presentes no diálogo entre o herói Svipdagr e o guardião Fjölsviðr, no poema “Fjölsvinnsmál”.

Deusa Eir. Crédito - https://
www.deviantart.com/
pernastudios/art/
Eir-Jose-Carlos-Sanchez-743
117772
Deusa Eir. Crédito – https://
www.deviantart.com/
pernastudios/art/
Eir-Jose-Carlos-Sanchez-743
117772

Svipdagr começa dizendo:

“Agora responda-me, Fjölsviðr, a pergunta que faço
pois a verdade agora eu saberei:
quais são as donzelas que de bom grado
estão sentadas a acompanhar Mengloth?”

E Svipdagr responde:


“Hlif é uma delas, Hlifthrasa a segunda,
Thjothvara é chamada de terceira;
Bjort e Bleik, Blith e Frith,
Eir e Aurbotha.”

Deusa Eir. Crédito - https://
www.deviantart.com/
nicolecadet/art/
Eir-Goddess-of-healing-7390
6916
Deusa Eir. Crédito – https://
www.deviantart.com/
nicolecadet/art/
Eir-Goddess-of-healing-7390
6916

Então Svipdagr pergunta se essas donzelas divinas / criadas vão trazer ajuda se blóts forem realizados para elas. Fjölsviðr responde:

Deusa Eir
Deusa Eir

“Ajuda imediata elas provêm a todos que as veneram
Nos altos altares sagrados;
E se perigo elas veem para os filhos dos homens,
Então, todos os dias, do mal, elas os protegem.”

Deusa Eir. Crédito - https://
www.deviantart.com/
thorskegga/art/
Eir-341165969
Deusa Eir. Crédito – https://
www.deviantart.com/
thorskegga/art/
Eir-341165969

Imagem de abertura: Deusa Eir. Crédito – https://www.deviantart.com/meredyth/art/Eir-275906015

Fonte: https://www.sacred-texts.com/neu/poe/poe16.htm

Religiosidade

A religiosidade dos nórdicos é marcada pela pluralidade, mesmo dentro de um único panteão os ritos podiam variar bastante dentro das tribos (característica que permanece atualmente, obviamente trocando-se as tribos do passado pelos kindreds atuais). Pais e mães comandavam os ritos dentro da família. Já as cerimônias públicas eram tarefa do jarl (“conde”, em tradução literal). Importante chamar atenção para a relação direta entre esses povos e as divindades. Mesmo a figura dos sacerdotes, dentro do paganismo nórdico, não possui o mesmo papel das religiões abraâmicas. Isso significa que as divindades podem comunicar-se diretamente com as pagãs e pagãos, o que pode ser buscado.

Vikings

Vikings, antes do início da chamada “era cristã”, têm origem nos pagãos germânicos que viveram na região onde hoje é a Alemanha, Inglaterra anglo-saxã, Noruega, Dinamarca, Suécia, Frísia (condado ao norte da Holanda), e Islândia (posteriormente). A figura dos Vikings refere-se aos navegantes invasores que também eram conquistadores, exploradores, comerciantes e colonos, tendo vivido no território onde hoje é a Noruega, Dinamarca, Suécia e Islândia. A chamada Era Viking compreende o período de tempo entre, aproximadamente, 793 EC (da Era Comum ou d.c.) e 1066 EC.

www.facebook.com/caminhopagao

www.instagram.com/caminhopagao

pinterest.com/mitologiaemundonatural

https://www.aminoapps.com/c/DeusasDeuses/home/